Kit de alarme residencial: instalação e principais benefícios

Neste post vamos falar sobre alarme residencial e suas principais características para a segurança; Muitos clientes ainda têm dúvidas básicas sobre instalação de kit de alarme residencial e costumam perguntar aos técnicos da REDEVIG: qual o melhor alarme? O que compõe um kit de alarme? É melhor instalar câmera de segurança ou um sistema de alarme?

Mas a tarefa de tirar estas dúvidas não é assim tão simples! Para ter uma resposta mais precisa é necessário saber qual tipo de sistema de segurança residencial é mais adequado para suas necessidades.

Vamos tentar responder a estas e outras dúvidas sobre alarmes de segurança residencial a partir de agora. Vem com a gente e conheça mais sobre os vários modelos de alarme e sua aplicação ideal.

Conheça um pouco mais sobre alarme residencial

Instalação Alarme Niteroi RJ - Residencial 2

As câmeras de monitoramento (Kit CFTV) e os alarmes residenciais atualmente são os mais comuns equipamentos de segurança instalados e vendidos no mercado, mas como saber qual desses é melhor para sua casa? Quais são as vantagens e desvantagens de instalar uma câmera de segurança ou um alarme em minha residência? Bem, como tudo em segurança não é exato, sempre depende da real necessidade do cliente, depende!

Câmera de monitoramento: as câmeras de monitoramento estão entre os itens de segurança mais comuns. Há até quem simule ter esse sistema de segurança apenas para evitar possíveis furtos e arrombamentos em casa, mas essa é uma alternativa que pode ter consequências ruins, pois os ladrões percebem a falta do sistema e entram do mesmo jeito.

Os modelos de câmera de monitoramento ofertados no mercado são quase infinitos,  que é extremamente positivo para o cliente, que certamente tem  o seu problema com segurança resolvido com algum desses equipamentos. Inclusive,  já fizemos um post sobre “5 Benefícios de ter uma câmera de segurança para seu negócio”, você já viu?

Com a possibilidade acompanhar as imagens das câmeras de segurança pelo celular, por exemplo, é possível saber exatamente onde você desejar por meio de uma visualização gerada por aplicativo, em tempo real. Com tanta tecnologia, é claro que o preço é de acompanhar as características das câmeras, quanto mais potente, mais cara será.

Por sua vez, um sistema de alarme residencial também possui opções de alta tecnologia, mas por um preço geralmente mais em conta.  Normalmente um kit de alarme é composto por alguns elementos essenciais, como estes aqui embaixo:

Alarme com sensor de presença

Os sensores dos alarmes detectam o estado das partes internas e externas do local monitorado, seja uma residência ou empresa. Caso seja detectada presença ou violação, eles enviam um alerta para o painel de controle, que dispara o alarme e avisam à central de monitoramento. Além dos sensores de presença, tão comuns na segurança, outros tipos de alarme com sensor podem ser facilmente encontrados, como “sensores ativos”, “sensores passivos,” “sensores de quebra de vidro”, “sensores de impacto”, “sensores magnéticos”, “sensores de fumaça”, “sensor de abertura”, “sensor de barreira” etc. Os sensores podem ter sua ligação por cabo ou por transmissão sem fio.

Painel de controle do alarme (Central de controle)

O painel de controle do alarme, ou “Central de controle” é o principal item a compor um kit de alarme. Responsável por administrar todo o sistema do alarme, enviando e recebendo sinais dos sensores espalhados nas áreas externas e internas da residência, o Painel de Controle é o cérebro do alarme. Caso ocorra qualquer violação, o painel pode identificar onde ela ocorreu. Ainda é possível que o painel seja configurado para funcionar durante o dia inteiro (Alarme 24 horas) ou para permitir a entrada e saída em determinados períodos.

Sirene de alarme

Bem, esta é bem fácil de adivinhar para que serve, certo? A sirene de um alarme é a responsável por emitir um sinal indicando uma presença, invasão ou qualquer ato não solicitado e desconhecido pelo sistema de alarme.

Bateria de emergência (No Break)

Alimenta o Painel de Controle em casos de quedas ou cortes de energia, assim, o sistema de alarme de segurança fica sempre em funcionamento.

Botão de pânico (Botão de alerta)

O botão de pânico é um elemento presente em alguns kits de alarme e, quando acionado avisa a central de monitoramento sobre um sinistro. É comum a utilização de um sistema com o botão de alerta em caso de empresas de vigilância ininterrupta por meio de central dedicada. Tão logo o botão seja acionado a empresa investiga e procede para resolver o problema.

Neste caso, o grande benefício da instalação de um alarme residencial, por exemplo, é o fato de que ele alerta os donos da casa, a empresa de segurança contratada e também todos ao redor de forma instantânea, dificilmente passando despercebido.

Discadora telefônica

Quando acionada, o alarme faz a ligação ou envia mensagem SMS para os números programados na mesma, como o telefone dos donos da casa, em um alarme residencial, por exemplo. A discadora funciona tanto para ser instalada com linha fixa no alarme como para chip de celular. Em alguns kits de alarme a discadora já está incluída no sistema.

O que é melhor: kit CFTV ou kit de alarme?

Agora que você já sabe sobre a importância da instalação de alarme (em residência ou empresa) e também já conheceu os componentes mais comuns de um kit de alarme, chegou a hora de responder a questão: se tiver que escolher, é melhor instalar um kit CFTV (câmeras) ou um kit de alarme?

É comum encontrar à venda no mercado kit de alarme pronto para instalação. Porém nem sempre pode ser uma estratégia inteligente comprar e tentar instalar um alarme residencial sozinho. Por quê? Os fabricantes montam kits de alarme para facilitar a venda ao consumidor comum, que normalmente não sabe como montar ou instalar um kit de alarme sozinho. O que acontece, então? Esses kits, vendidos em uma única caixa, são voltados exatamente para pessoas que não tem o conhecimento do que estão adquirindo, logo, não têm o know-how necessário de segurança patrimonial para implementar um sistema de alarme de modo eficiente! Por isso, aconselhamos sempre que busque a ajuda de um técnico especializado!

Mais uma vez, não há receita de bolo e nem fórmula mágica! O ideal é que as câmeras de vigilância e monitoramento funcionem em conjunto com um sistema de alarme, elevado sua segurança a outro patamar. Como as necessidades de cada cliente são específicas, não achamos correto simplesmente afirmar que o alarme ou a câmera de segurança seja o ideal sem antes realizarmos um estudo especial sobre as peculiaridades dos casos. Tanto alarmes residenciais quanto câmeras de monitoramento são excelentes para garantir a segurança domiciliar e empresarial.

[1][2]

2017-10-26T02:22:38+00:00